Defeitos comuns do alternador

Defeitos comuns do alternador

Ao notar que a luz de bateria no painel de seu carro está acesa, fique atento: isso não indica um defeito, necessariamente – mas que sua carga está próxima de acabar. Essa luz está relacionada ao estado do alternador do veículo – que é um dos componentes fundamentais para que a bateria permaneça carregada.

Quando essa luz acender, é importante que a bateria automotiva não seja forçada até seus limites – caso contrário, o motor corre alto risco de deixar de funcionar (o que pode vir a acontecer em certas situações que podem até mesmo gerar certo perigo para o motorista e outras pessoas que utilizam o carro).

Além desses pontos, a luz da bateria pode também informar outros tipos de problemas do carro – como, por exemplo, a ruptura da correia do alternador. Essa situação pode levar à perda da parte hidráulica da direção (haja visto que essa mesma correia é responsável por seu movimento).

O alternador é constituído por diversas peças – que, naturalmente, estão suscetíveis a apresentarem defeitos. Um dos mais comuns é relacionado à escova baixa.

Já houve o costume de se trocar apenas as escovas. No entanto, o mais recomendável é que seja realizada a substituição completa do regulador de voltagem. Isso se deve ao fato de as escovas trabalharem presas ao regulador de voltagem, o que faz ambas as peças funcionarem como uma só.

Quando feita apenas a troca das escovas usadas por novas, ainda era aproveitado o regulador usado. Dessa forma, era comum que ele rapidamente saturasse, o que poderia ocasionar em uma sobrecarga da bateria que já estava com carga.

Tempos atrás, o regulador completo exigia um alto investimento ao dono do caro, o que acabava por resultar em uma comum preferência por se realizar a substituição de suas escovas, somente. Atualmente, no entanto, o preço do regulador abaixou muito, e é preferível que todas as peças sejam novas – até porque o regulador de voltagem também sofre desgaste por tempo de uso.

Há certos defeitos que são um pouco mais difíceis de serem mapeados, por isso é muito importante que, ao notar que o carro está apresentando alguma estranheza em seu funcionamento, ele seja imediatamente levado a uma loja de confiança para que seja verificado por profissionais qualificados no assunto.

Há uma série de testes que podem ser realizados para se verificar se a bateria automotiva, o alternador e todas as suas respectivas peças estão em boas condições ou necessitam de algum reparo. Todas elas podem ser devidamente conferidas com o uso de ferramentas específicas (tais como o multímetro, por exemplo) para que se tenha total certeza das condições de cada parte que constitui a parte elétrica do veículo.

Por fim, busque sempre utilizar apenas produtos de qualidade. As baterias moura, por exemplo, apresentam ótimo desempenho e longa vida útil, além de terem menor chance de apresentarem defeitos relacionados às suas atividades.

Possui alguma dúvida sobre alguns dos defeitos mais comuns do alternador? Entre em contato conosco!