Carro parado na quarentena: como cuidar para evitar problemas

Carro parado na quarentena: como cuidar para evitar problemas

Você está com o seu carro parado na quarentena? Então saiba que é necessário ter alguns cuidados para garantir que ele não terá problemas mecânicos ou precisará substituir algumas peças.

Isso porque o veículo parado por tanto tempo (já estamos em quarentena há mais de 2 meses e com previsão de continuar com a pandemia até outubro) sofre uma série de danos que não temos como prever.

Para saber como se proteger dessa situação, siga a leitura do artigo abaixo!

O que fazer com o seu carro parado na quarentena?

Quem está com o carro parado na quarentena precisa entender que existem alguns riscos que podem surgir com o seu automóvel nessa situação. Nomeadamente, são situações envolvendo os pneus, o motor, o combustível e o fluído do sistema de frenagem.

Esses são os principais pontos. Além deles, há o impacto estrutural do carro ficar exposto ao sol ou chuva durante todos esses períodos, além da poeira tradicional que anda pelo ar.

Por isso, as dicas para proteger o seu carro parado na quarentena serão divididas em três grupos:

  • ●     como cuidar do aspecto mecânico;
  • ●     como limpar seu carro;
  • ●     o que fazer no pós-pandemia.

Vejamos a seguir um resumo de cada ação de prevenção!

O que fazer para evitar danos mecânicos?

Em relação aos danos mecânicos, você precisará de preocupar com:

os pneus (não são tecnicamente mecânicos, mas sofrerão danos);

  • ●     o motor e a gasolina;
  • ●     a bateria;
  • ●     os fluídos de frenagem.

Em relação aos pneus, eles não podem ficar parados na mesma posição recebendo o peso do carro. Isso porque eles vão se deformar com o tempo. A melhor maneira de evitar o problema é retirá-los do carro e manter o automóvel em cavaletes.

Em relação ao motor e a gasolina, o ideal é manter o nível de combustível no mínimo. Isso porque se o combustível passar a validade ali dentro pode gerar borra no motor ou entupir o sistema de abastecimento.

A bateria é um problema clássico: como carros usam outros sistemas eletrônicos, como o alarme, ela continua a operar mesmo com o automóvel desligado. Por isso, retire-a com muito cuidado do veículo.

Por fim, os fluídos da frenagem do automóvel podem solidificar caso você fique tanto tempo com o freio de mão puxado. Por isso, libere o freio da mão quando possível (se você retirar os pneus e deixar o carro no cavalete, isso será mais fácil).

O que fazer com a limpeza do automóvel?

O ideal a se fazer com o carro parado na quarentena é deixá-lo em um lugar coberto ou, no mínimo, protegê-lo com uma capa protetora.

Caso não seja possível, limpe-o pelo menos uma vez por semana ou a cada duas semanas para evitar manchas e outros problemas na sua pintura e lataria.

Aliás, aproveite para fazer uma limpeza interna também, passando aspirador nos bancos, tecidos e carpetes, de modo a evitar o acúmulo de poeira dentro do carro.

O que fazer na pós-pandemia?

Assim que a situação do novo coronavírus melhorar, é hora de levar o seu carro para uma oficina ou auto peças. Isso é importante pois existem muitos outros pequenos probleminhas que podem acontecer, embora raros, nessa pausa tão longa.

Portanto, é essencial verificar qual foi o estado de conservação do seu carro durante a pandemia, ver se alguma coisa errada aconteceu, se alguma peça acumulou dano ou desgaste.

Tudo isso garante que seu carro estará em boas condições para retornar a atividade, inclusive com pneus calibrados, bateria bem instalada, fluídos em ordem e sem problemas de abastecimento ou borra de óleo no motor.

E aí, aprendeu como cuidar do carro parado na quarentena? Então não esqueça de deixar um comentário com a sua opinião abaixo!